O desafio de Stott aos cristãos do séc. XXI

Quando John Stott (conhecido pastor e teólogo anglicano britânico, 1921-2011) publicou a obra “Crer é também pensar”, pretendeu apresentar um desafio a todos os cristãos do século XXI.

Segundo o seu editor “O que John Stott almejava combater quando apresentou a palestra que resultou neste livro, era o anti-intelectualismo cristão. A mensagem era direccionada principalmente aos ritualistas que valorizavam o desempenho da igreja em vez do pensamento, aos activistas ecuménicos que consideravam a reforma social uma substituta da doutrina e aos evangélicos pentecostais que absolutizavam a experiência em detrimento da reflexão. Como solução, Stott clamava por equilíbrio: que a reflexão profunda viesse ao lado do ritual, do activismo e da experiência.”

Stott valoriza assim a articulação entre diferentes dimensões e expressões da fé, não desvalorizando nenhuma delas, antes atribuindo-lhes a importância que de facto merecem, num contexto mais vasto e inclusivo do ser e estar no mundo e na relação com os outros.

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑